16 de agosto de 2012

Versão 4: Angélica - Bye que Bye, Bye, Bye ( The Doors)

As pessoas sempre exaltam os trabalhos das bandas do Classic Rock e dizem que nenhum outro estilo se compara com a qualidade deste. Inspirada por esse pensamento, Angélica quis fazer da década de 90 um lugar melhor para a música pop infantil morar, será que deu certo?

Clique para ler o post completo e descubra porquê ninguém precisa de Jim Morrison quando se tem Angélica nas paradas de sucesso.


No ano de 1990, Angélica era a "Xuxa da TV Manchete" e lançava o seu terceiro Album, tentando desesperadamente fazer um hit tão grande quanto foi "Vou de Taxi", Angélica Ksyvickis (Sim,é esse o sobrenome da bonita) apostou para todo lado, Romantico, Pop, Lambada e uma versão pop de um clássico do Rock:
Tente achar Angélica atrás de tanto cabelo.
A primeira música de trabalho do album foi a dançante [?] "Bye que bye,bye,bye", Você deve estar se perguntando.. "Senhor!Que título é esse?"e a coisa fica ainda mais confusa quando analisamos uma parte da letra da música, siga com a gente:

Os dias passam, um a um
E espalham armadilhas fatais
Por isso a vida não é comum
Você pensa que me tem e não tem mais 
Baby, bye que bye bye bye
Baby, bye que bye bye bye

Ou seja, Angelica está dando um pé na bunda do companheiro e colocando a culpa nas armadilhas e surpresas que a vida põe no nosso caminho, é muita piranhagem, não é mesmo?

E se não bastasse flopar uma vez com essa musica em 1990 ela tentou de novo 7 anos depois, e a incluiu em sua coletânea de maiores sucessos (1997), sim, essas coletaneas de "maiores/grandes sucessos" eram muito populares, pois, viviamos em um época em que não existia o mp3, logo, você tinha varios CD's com uma ou duas musicas de sucesso em cada e você precisava ficar trocando de cd toda hora se quisesse escutar somente os hits, entao, quando se lançava uma coletanea dessas era uma beleza,facilitava a vida e vendia muito, tanto que todos os grandes nomes da musica dos anos 90 tinham essa coletanea, não é verdade?
Só  Artistão..

    A versão original de Bye que Bye Bye Bye, é Light My Fire, um hino do The Doors, álias, única musica que todo mundo conhece. Tal música foi lançada em  1967 no LP “The Doors” (amo, só que não, gente que não dá nome pro álbum).
    Light My Fire, ficou 3 semanas no 1º Lugar da Billboard Hot 100 e re-entrou diversas vezes desde então, mas, o ponto alto para encerrar este post, será uma  digníssima comparação para provar que Angélica mesmo sem os fãs hipsters e os #1 da Billboard é melhor que Jim Morrison.
  • Entrada de Cena e presença de palco:
Jim Morrison era conhecido por ser um devassso e ter performances teatrais e diferenciadas, e com uma sensualização forçadíssima, é claro, ele pulava na galera, rolava pelo chão, era retirado algemado do palco acusado de atentado ao pudor, essas coisas, porém, por mais teatral, espontâneo (-n), empático que Morisson  fosse ele nunca conseguiria superar essa entrada de cena e essa presença de palco apresentadas a seguir:
Angélica mostrando como se entra no palco com dignidade
E você achando que a Joelma era original..puff
Passinho sensacional, ensaie para repeti-lo no próximo #churras da galera
  • Rodinhas nas apresentações
Como todo show insano de rock, os shows do the doors, tinham muita gente curtindo sendo feliz e cantando e também tinha, é claro, pessoas tumultuando, brigando, policia descendo a porrada, gente desesperada e quase rodinha de mosh... mais uma vez toda essa agressividade do #TeamTheDoors de nada vai adiantar contra a simpatia de Angélica e sua rodinha de alegria, amor e compreensão
Vestindo um figurino escroto desses e os bailarinos ainda pulam com alegria e entusiasmo, isso sim é profissionalismo.
  • Parceiros de Palco:
Além de Jim Morrison, o the Doors era composto por Ray Manzarek, John Densmore e Robby Krieger, ou seja, pessoas insignificantes comparadas a grandiosidade das AngeliCats, que tinham a presença de Giovana Tominaga, a.k.a. Reporter Japonesa do Video Show amiga da Suzana vieira, e também de FLORIBELLA... que mostra toda uma capacidade incrível de coordenação e condição para dança:
Depois da apresentação, Floribella foi esbofeteada pelo coreografo no camarim, sim ou com certeza?
Bem, é por essas e outras que definitivamente, preferimos Bye que Bye, Bye Bye à Light My Fire, argumentos devidamente expostos, clique para ver o vídeo abaixo , decore a coreografia e toda vez que for dar tchau para alguém utilize a mesma para de despedir.
____________________________________________________________
ANGÉLICA, SAUDADES DE VOCÊ, DO ANGEL MIX E DA FADA BELA.
Comentários
9 Comentários

9 comentários:

ela, Nanda Dearo disse...

Hahaha confesso que não tenho muita paciência pra The Doors, mas esta versão é sensacional!!

Apenas não julgo a Floribella porque todo mundo errou a coreografia, o gif comprova que NINGUÉM coordenou aquela bagunça!!

Mto bom fer, sou sua fã

João Araújo disse...

Quem diria que a Angélica gravou uma versão de The Doors???? Post surpreendente!!!

Maria Regina disse...

Fernando, que publicação inteligente. VC é muito talentoso, amigo! Eu ri muito agora... Que tal vc escrever um livro? Abração! Maria Regina Dearo

Rodrigo Bandas disse...

Amei o posts sobre o álbum da Angelica e ainda a coreografia da Angélica no programa. Agora a música está grudada na minha cabeça kkk. Juliana Silveira (Floribella) Sensacional ela errando rs. Tem um cara no fundo que ta todo empolgado kkk.
Amei seu post demais.
Otimo blog.

Raquel S. Ramos disse...

Seu blog é muito massa, super segui

Ludmila disse...

Haha, adorei mesmo a idéia do blog e o jeito de como vc escreve! Haha. Parabéns :)

http://anteontemmusical.blogspot.com.br/

Francelle Morgan disse...

Nossa, muuito legal teu post! Essa música dela eu não conhecia, mas a Angélica seempre foi divona né?! XD

Nem me faala dessas coletâneas, que eu sonhava em ter várias e acabei comprando as do Sandy e Júnior e do João Paulo e Daniel, que tu mostra na foto! rsrsrs

PS.: Indiquei seu blog no Facebook do •My Mємσяιєѕ...•! \Õ/

Beeijo querido!
www.blogmymemories.com

Larissa disse...

Nossa, eu ri demais. Eu tinha a coletânea de Sandy e Junior. Vish. O post ficou ótimo, os hinos da Angélica são divos que nem ela kkkk

http://vitaminadepimenta.blogspot.com/

Thamyris dos Santos de Aquino disse...

Gente, finalmente uma música da Angélica que eu não conheço dessa época HAUAHUAUUAAHUHAUAUHAHAU
[ironia]Lógico que Angélica é melhor do que The Doors! Olha essa coordenação coreográfica, essa letra! Uma poesia sem fim[/ironia]
Excelente post Fernando, to rindo e ouvindo a música!

Like!

Lembra Disso?

Seguidores

Tags

1968 1973 1974 1978 1981 1982 1982. 1983 1985 1986 1987 1990 1991 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2007 2012 4 Non Blondes 5ive Ace of Base Acqua Adele Adryana e a Rapaziada Agnaldo Timoteo Alejandro Sanz Alexandre Pires Alexia Amy Winehouse Angélica Anos 00 Anos 60 Anos 70 Anos 80 Anos 90 Art Popular As Meninas Avril Lavigne Axé B.B. King Backstreet Boys Balão mágico Banda Calypso Banda Uó Beatles Bee Gees Belchior Belo benito de paula Berlim Beyonce Beyoncé billy paul Blink182 Bon Jovi Bonnie Tyler Britney Spears Bryan Adams Caetano Veloso Calcinha Preta Calypso Carla Perez Carly Rae Jepsen Carrapicho Carrossel Cazuza Charlie Brown Jr. Chaves Chico Buarque Chico Cesar Chiquititas Chitãozinho e Xororó Chocolate Christina Aguilera Cidade Negra Cláudia Leitte Claudinho e buchecha Cláudio Zoli Cleiton e Camargo ClipMania Companhia do Pagode Coreografia Corona cpm 22 Cravo e Canela Creedence Clearwater Revival Cris DeBurgh Dance dance music Daniel Daniela Mercury Deborah Blando detonautas Djavan Dominó Double You Duetos É o Tchan Eddie Murphy ElectroRock Eliana Elis Regina elton john Engenheiros do Hawaii Era Eurodance Europe Exaltasamba Faith Hill Falcão Fama Fantástico Faustão feiticeira Fergie Fernanda Abreu Fernanda Torres Festa Foo Fighters Forró Foster the People Friends Fun. Funk Gabriel O Pensador Gal Costa George Michael GeraldoVandré Gil gilberto gil Gospel Gotye Grease Gretchen Grupo Raça Hardcore Hip Hop Indie Infantil INRI Cristo Ivan Lins Ivete Sangalo Jennifer Holliday Jessica Sanchez João Paulo e Daniel jota quest Journey Justin Bieber Karametade Katinguelê Katy Perry Keane Kelly Key Kenny G KLB Kylie Minogue Lady Gaga Latino Leandro e Leonardo Legião Urbana Linkin Park Los del Rio LSJack Luciano Huck Luis Fernando Guimarães Lulu Santos Macarena Madonna Mamonas Assassinas Mara Maravilha Marcelo Adnet Marco Camargo Maria Bethânia Maria do Bairro Maria Mercedes Mariah Carey Marimar Marisa Monte Marly Marley MC Créu Mc Frank Mc Serginho mexe a cadeira Michael Jackson Michel Teló Molejo MPB Mr. Big Mulher Filé Munhoz e Mariano Música Cigana Música Latina Nara Leão Natiruts Negritude Jr. New age New Wave NSYNC Nx Zero O Rappa odair josé Oingo Boingo Olivia Newton John Os Normais Os Trapalhões Os Travessos Padre Marcelo Rossi Pagode Paquitas Paulo Ricardo Pepê e Neném Perlla Pink Pitty Planeta xuxa Pop Pop/Rock Psy Raça Negra Raimundos Raul Seixas Rebecca Black Red Hot Chili Peppers Reggae Rei Leão Retrô 2012 Reynaldo Gianecchini Rick Bonadio Ricky Martin Rihanna Robbie Willians Roberto Carlos Rock Rock in Rio rock nacional Romântico Rosanah Rouge Roupa Nova Roxette RPM Sandy e Junior Seal secos e molhados Sem Compromisso Sertanejo Sessao da tarde Shakira Sidney Magal Silvio Santos SNZ Só Pra Contrariar SOUST Soweto Spice Girls Stefhany Absoluta Take That Taylor Swift Thalía The Cure The Doors The Voice Tiazinha Tim Maia Titãs Toni Braxton Tony Garrido Tribalistas Trilha Sonora Tunai U2 Ultraje a Rigor Vanessa da Mata Vinny Wanessa Camargo Weather girls Westlife Whitney Houston Wilson e Soraia Xuxa Zé Ramalho Zeca Pagodinho Zélia Duncan Zeze di Camargo Zeze di Camargo e Luciano
Tecnologia do Blogger.