26 de julho de 2013

Música 9: Heloísa, mexe a cadeira!




Heloísa, mexe a cadeira! A melô da Helô!

De todos os hits sensualizantes dos anos 90, esse com certeza é o mais original. Isso porque a personagem principal da música é simplesmente A CADEIRA! Pensou que era a Heloísa, né?! Errou! Não tem tchan, boquinha da garrafa ou popozuda que resista ao charme da cadeira! A Heloísa deve ter quase morrido de orgulho de sua cadeira, pois há décadas não se via uma declaração de amor de tão alto nível em rede nacional, tão original e tão apaixonante!

Clique para ler o post completo e vem, vai, vem, vai, move your body don't stop!!







Ahhhh, músicas de bunda!!! Os anos 90 estão aí pra mostrar que a bunda, durante muitos anos, foi um dos principais (senão o principal) tema de hits para o público infanto-juvenil brasileiro.

Mas o Vinny vai além! Ele não queria mostrar tão escancaradamente o quão safadinho é, então lançou mão da analogia para bundas mais inteligente e intrigante da história: A CADEIRA! Pra ser justo, a cadeira nunca foi analogia para bunda, e sim para os quadris. Mas o Vinny é o Vinny, e ele conseguiu mudar esse conceito, oferecendo à língua portuguesa um simbolismo ainda mais rico ao substantivo cadeira!



No clipe oficial da música, Vinny faz questão de usar a palavra cadeira em ambos os sentidos. Os gifs abaixo providenciam as evidências:

 Ela, a cadeira da Heloísa, no seu sentido figurado, mexendo.



Ela, a cadeira da Heloísa, no seu sentido literal, mexendo.


A música inteira é um pedido, direcionado à Heloísa, portanto utiliza o modo verbal imperativo. (Modo imperativo: É aquele modo verbal utilizado pra passar uma ordem, do tipo, “faça isso”, “faça aquilo”. Pode também ser um pedido, ou uma orientação, mas o sentido mais comum é a ordem).

Tipo, o cara tá MANDANDO a Heloísa mexer a cadeira.
Aliás da pra perceber que os verbos não foram conjugados corretamente. Se estivessem na sua forma correta, a música se chamaria “Heloísa, MEXA a cadeira”. E o início da música seria:



MEXA a cadeira
e BOTE na beira da sala

MEXA a cadeira

agora bem na minha cara

MEXA a cadeira da maneira que te tara

MEXA a cadeira

e PERCA a vergonha na cara
E VENHA, VÁ, VENHA, VÁ
Move your body, don’t stop (Pelo menos o inglês ele fala certo)


É claro que a linguagem coloquial impera na música pop. Então, vamos dar um descontinho pro Vinny. Além disso, pra quem já fez essa brilhante alusão à cadeira alheia, qualquer erro tá perdoado!

Segue a música para nossos ouvidos:

Destaque para o clímax da música, quando a guitarra ativa a distorção, a dinâmica cresce e o Vinny quase grita a parte mais romântica da letra:

Mexe a cadeirá,  hey!    Bota pra daná,  hey!    Trepa na mesá,  hey!


Todas oxítonas! Métrica perfeita! Mas o modo imperativo ainda é negligenciado. Se fosse na maneira correta, como dito anteriormente, a letra seria:


MEXA a cadeira 

BOTE pra quebrar

TREPE na mesa



Percebe como o poema ganha em sensibilidade? Percebe que...... (poutz cara chato.... Vamo fala da música ae ou tá difícil, ô meu?!?!?!)

Ok, como o objetivo do blog é a apreciação da música e não a correção ortográfica, voltemos a rasgar elogios à cadeira da Heloísa.

Daí, em abril de 2008, Vinny faz o impossível. Lança uma versão melhor da música! 
Na sua versão acústica, a música se chama “Mexe a cadeira”. No título, Vinny rompe com a Heloísa, provavelmente (depois de algum dia em que ela se recusou a trepar na mesa) porque ninguém nunca entendeu a genialidade do título original. Aprecie:


Como é que alguém pode melhorar o que já é perfeito? Pergunte pro Vinny, ele sabe como!!!


A versão original foi lançada em 1997, portanto sua versão acústica surgiu quando a música tinha 11 anos de existência. (mais ou menos a idade das menininhas que mexiam a cadeira influenciadas pelo hit!!!) #prontofalei 


"Heloísa, mexe a cadeira" foi top play em praticamente todas as rádios e programas de televisão do final da década de 90. Me recordo, aliás, de uma das apresentações do Vinny no Domingão do Faustão, o ex-gordo mais gente boa da televisão brasileira do último domingo dos últimos tempos. Vinny levantou a galera e fez todo mundo mexer a cadeira --- todos sabem como funciona um programa ao vivo de plateia, provavelmente alguém da produção levantou uma plaquinha para o público, do tipo



Principalmente as modelos das duas primeiras fileiras, por favor



Após  a música tocada e as cadeiras mexidas, o gente boníssima Fausto Silva lança uma de suas inúmeras pérolas:

O Vinny, que abandonou sua carreira de rock pesado, pra se dedicar a um trabalho mais maduro
Pois é, o nosso querido ex-gordinho não apenas é um excelente apresentador e humorista, mas também uma referência no que diz respeito à crítica musical! Merece nossa homenagem! 


Ufa, deu certo! Achei que não ia caber!!!!

Infelizmente, a equipe de estagiários do blog já foi melhor vasculhou a net em busca dessa façanha do Fausto, mas nada encontrou. O único lugar em que se pode encontrar essa cena é na minha memória (e em algumas outras por aí). Portanto, se você for um Neurocientista e pedir minha autorização, com certeza não negarei seu pedido de dissecar o meu cérebro (no momento indicado, por favor), pra ter acesso à essa cena.  

Além da música, o clipe de "Heloísa, mexe a cadeira" também é um deleite: 


Pasmem!!! A mina toca trompete mexendo a cadeira!!!!! 


Ah e também temos essa versão REMIX, que algum fera muito do gente fina misturou com Sex Machine do James Brown que - onde quer que ele estivesse -  deve ter ficado extremamente feliz, contente e emocionado.



Homenagem póstuma a James Brown, o rei da mexeção de cadeira


É, acho que o que nos resta mesmo é esperar a boa vontade de algum artista de sensibilidade privilegiada (ou do próprio Vinny) para escrever mais músicas de qualidade sobre a cadeira! 

_______________________________________________________________

VINNY, SAUDADES DE VOCÊ E DOS SEUS TRABALHOS MAIS MADUROS! 
Comentários
4 Comentários

4 comentários:

Nanda UFSCar disse...

HAHAHAHA MAS GENTE não é que a Heloísa é mera figurante nesta música, mesmo?! Pfvr demitida! hahahaha

João Araújo disse...

Huahuahua imagino o Caetano Veloso cantando uma versão com "Venha.... vá.... venha... vá..."

Estagiários de neurociência autorizados a dissecar o cérebro do Anderson!

Ótimo post!

Amanda Rosa disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkk.... muito bom mesmo Andim!!!!
análise gramatical e semântica perfeita!!!
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

@qFernando disse...

Como não amar Vinny que é simplesmente o produtor do album da Tiazinha?!?! I rest my case...

Like!

Lembra Disso?

Seguidores

Tags

1968 1973 1974 1978 1981 1982 1982. 1983 1985 1986 1987 1990 1991 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2007 2012 4 Non Blondes 5ive Ace of Base Acqua Adele Adryana e a Rapaziada Agnaldo Timoteo Alejandro Sanz Alexandre Pires Alexia Amy Winehouse Angélica Anos 00 Anos 60 Anos 70 Anos 80 Anos 90 Art Popular As Meninas Avril Lavigne Axé B.B. King Backstreet Boys Balão mágico Banda Calypso Banda Uó Beatles Bee Gees Belchior Belo benito de paula Berlim Beyonce Beyoncé billy paul Blink182 Bon Jovi Bonnie Tyler Britney Spears Bryan Adams Caetano Veloso Calcinha Preta Calypso Carla Perez Carly Rae Jepsen Carrapicho Carrossel Cazuza Charlie Brown Jr. Chaves Chico Buarque Chico Cesar Chiquititas Chitãozinho e Xororó Chocolate Christina Aguilera Cidade Negra Cláudia Leitte Claudinho e buchecha Cláudio Zoli Cleiton e Camargo ClipMania Companhia do Pagode Coreografia Corona cpm 22 Cravo e Canela Creedence Clearwater Revival Cris DeBurgh Dance dance music Daniel Daniela Mercury Deborah Blando detonautas Djavan Dominó Double You Duetos É o Tchan Eddie Murphy ElectroRock Eliana Elis Regina elton john Engenheiros do Hawaii Era Eurodance Europe Exaltasamba Faith Hill Falcão Fama Fantástico Faustão feiticeira Fergie Fernanda Abreu Fernanda Torres Festa Foo Fighters Forró Foster the People Friends Fun. Funk Gabriel O Pensador Gal Costa George Michael GeraldoVandré Gil gilberto gil Gospel Gotye Grease Gretchen Grupo Raça Hardcore Hip Hop Indie Infantil INRI Cristo Ivan Lins Ivete Sangalo Jennifer Holliday Jessica Sanchez João Paulo e Daniel jota quest Journey Justin Bieber Karametade Katinguelê Katy Perry Keane Kelly Key Kenny G KLB Kylie Minogue Lady Gaga Latino Leandro e Leonardo Legião Urbana Linkin Park Los del Rio LSJack Luciano Huck Luis Fernando Guimarães Lulu Santos Macarena Madonna Mamonas Assassinas Mara Maravilha Marcelo Adnet Marco Camargo Maria Bethânia Maria do Bairro Maria Mercedes Mariah Carey Marimar Marisa Monte Marly Marley MC Créu Mc Frank Mc Serginho mexe a cadeira Michael Jackson Michel Teló Molejo MPB Mr. Big Mulher Filé Munhoz e Mariano Música Cigana Música Latina Nara Leão Natiruts Negritude Jr. New age New Wave NSYNC Nx Zero O Rappa odair josé Oingo Boingo Olivia Newton John Os Normais Os Trapalhões Os Travessos Padre Marcelo Rossi Pagode Paquitas Paulo Ricardo Pepê e Neném Perlla Pink Pitty Planeta xuxa Pop Pop/Rock Psy Raça Negra Raimundos Raul Seixas Rebecca Black Red Hot Chili Peppers Reggae Rei Leão Retrô 2012 Reynaldo Gianecchini Rick Bonadio Ricky Martin Rihanna Robbie Willians Roberto Carlos Rock Rock in Rio rock nacional Romântico Rosanah Rouge Roupa Nova Roxette RPM Sandy e Junior Seal secos e molhados Sem Compromisso Sertanejo Sessao da tarde Shakira Sidney Magal Silvio Santos SNZ Só Pra Contrariar SOUST Soweto Spice Girls Stefhany Absoluta Take That Taylor Swift Thalía The Cure The Doors The Voice Tiazinha Tim Maia Titãs Toni Braxton Tony Garrido Tribalistas Trilha Sonora Tunai U2 Ultraje a Rigor Vanessa da Mata Vinny Wanessa Camargo Weather girls Westlife Whitney Houston Wilson e Soraia Xuxa Zé Ramalho Zeca Pagodinho Zélia Duncan Zeze di Camargo Zeze di Camargo e Luciano
Tecnologia do Blogger.